Vitória bate Vasco e vence primeira no Brasileiro

Vitória bate Vasco e vence primeira no Brasileiro

Em dia que completou 119 anos, Leão fez 3x2 no Vasco

Por Sérgio Ferreira 13/05/2018 - 23:11 hs

Por Visual News Notícias

Não podia ser diferente. No dia do próprio aniversário, o Vitória deu um presentão ao torcedor. Contra o Vasco, o Leão fez 3x2 e, finalmente, venceu o seu primeiro jogo no Campeonato Brasileiro. Até que enfim!

O rubro-negro chamou atenção ao entrar em campo. Além de exibir seus novos uniformes para a temporada, o time estava bastante diferente, com mudanças na zaga, nas duas laterais, no meio-campo e no ataque. Funcionou, pelo menos nos primeiros minutos. Tanto que o time não demorou a marcar.

Aos 17 minutos, Desábato recuou para Martín Silva, sem se dar conta que o goleiro estava cercado por Neilton. No desespero, o vascaíno saiu para dividir com o atacante do Leão e viu a bola sobrar para André Lima. Livre, o camisa 99 não desperdiçou e mandou rasteiro no canto esquerdo para abrir o placar.

Se a escalação do Vitória foi surpreendente, o gol de empate do Vasco foi ainda mais. Acreditem. O time carioca teve um pênalti marcado aos 37 minutos, quando Rhayner derrubou Andrés Ríos na área. O próprio jogador foi para a cobrança e Caíque defendeu. No rebote, o goleirão rubro-negro protagonizou uma cena inusitada ao cometer novo pênalti, desta vez em Caio Monteiro. O árbitro marcou e, desta vez, Yago Pikachu não desperdiçou: 1x1.

No segundo tempo, Caíque novamente foi personagem do jogo. Desta vez, sem vacilos. Muito pelo contrário. Em jogo muito disputado, com Vitória e Vasco loucos por um triunfo, o time carioca foi melhor e teve mais chances de ampliar o marcador.

Com 13 minutos, o goleirão rubro-negro cresceu e impediu que Rafael Galhardo, que entrou na área em velocidade, fizesse o que seria a virada vascaína. Apenas cinco minutos depois, salvou de novo, após chute de fora da área de Yago Pikachu.

Demorou, levou sustos, mas o Vitória reagiu, calou São Januário e mandou para longe a zica que o perseguia no Brasileirão. Aos 23, Lucas Fernandes entrou em campo, na vaga de Rhayner. 

Na sua primeira jogada, o atacante recebeu um lançamento perfeito de Wallyson 
e, com tranquilidade, viu a bola desviar na zaga, encobrir Martín Silva e beijar o fundo das redes. 

Para deixar o dia ainda mais especial, um empurrãozinho do Vasco. Aos 30, após cobrança de escanteio, a bola bateu em Werley foi pro gol: Leão 3x1.

O Vasco ainda diminuiu com Andrés Ríos, aos 38, mas não teve jeito. Era dia do Vitória lavar a roupa suja e dar um presente ao torcedor.

O Vitória volta a campo na quarta-feira (16), às 19h15, para enfrentar o Sampaio Corrêa, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste. A partida será no Maranhão. 

correio24h