Queda de energia faz jogo entre Jacuipense e Vitória ser suspenso

Queda de energia faz jogo entre Jacuipense e Vitória ser suspenso

Rubro-negro vencia por 1x0 quando aos 14 minutos do segundo tempo, os refletores se apagaram; reinício da partida será às 15h desta quinta-feira (22)

Por Sérgio Ferreira 22/02/2018 - 09:52 hs

Foram 59 minutos de bola rolando, o Vitória vencia o Jacuipense por 1x0, com gol de Pedro Botelho, até que os refletores se apagaram no estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, nesta quarta (21). Técnicos ainda tentaram trocar o gerador e reestabelecer a iluminação algumas vezes, mas sem sucesso. O jeito foi suspender a partida, que será retomada nesta quinta (22), às 15h, no mesmo local.   

Quando teve jogo, a primeira oportunidade foi dos donos da casa. Thiaguinho recebeu lançamento, invadiu a área e tentou encobrir Caíque, mas mandou para fora. O Leão respondeu em cobrança de falta de Guilherme Costa, que pareceu tentar um cruzamento, mas por pouco não mandou direto para o gol, obrigando Jordan a fazer boa defesa. 

O Vitória passou a controlar a partida dos 20 minutos em diante e quase abriu o placar com Pedro Botelho, após boa troca de passes, mas o estreante mandou na trave. No finalzinho do primeiro tempo, no entanto, o lateral se redimiu. Guilherme Costa fez ótimo cruzamento e Botelho se aproveitou da boa estatura para, de cabeça, abrir o placar. 

A primeira finalização da segunda etapa foi de Birungueta, que havia entrado no intervalo, numa sobra de escanteio, mas o chute foi fraco para a fácil defesa de Caíque. 

Aos 5 minutos, Brasão recebeu dentro da área e chutou forte para empatar. Mas a arbitragem marcou impedimento  do atacante na jogada, de forma correta. Em seguida, Thiaguinho foi lançado em velocidade pelo lado direito e cruzou rasteiro para o meio da área. A bola passou por Brasão e defesa do Vitória até chegar em Birungueta, livre, mas ele chutou por cima do gol de Caíque.

   

Quando o jogo começou a esquentar, as 14, os refletores se apagaram e a partida foi paralisada. Após quatro tentativas sem sucesso de ligar novamente os refletores, a arbitragem definiu a suspensão da partida. Em 2017, também no estadual, aconteceu o mesmo no empate por 0x0 entre Jacuipense x Bahia.