Como funciona a identificação por impressões digitais?

Como funciona a identificação por impressões digitais?

Por Visual News Notícias 13/10/2017 - 09:06 hs

São três os padrões das ranhuras, definidos por duas estruturas: delta e núcleo.

(Caio Gomez/Superinteressante)

Na formação de arcos, não há delta nem núcleo.

A presença de apenas um delta forma as curvas diagonais da presilha.

Dois deltas e um núcleo formam o redemoinho do verticílio.

Além da padronagem é importante analisar as irregularidades nas linhas. As minúcias permitem verificar a compatibilidade entre impressões.

Fontes: Antônio Maciel, presidente da Federação Nacional dos Profissionais em Papiloscopia e Identificação (FENAPPI), e livro Suspect Identities: A History of Fingerprinting and Criminal Identification, de Simon A. Cole.